Menu fechado

O Brasil é de Jesus?

Conhecer a Cristo é entender e viver de acordo com as IMPLICAÇÕES desse conhecimento – coisa que até mesmo a maioria dos evangélicos ainda precisa compreender. Não é uma “profecia” ou uma atitude positiva teatral que mudará isso.

O interessante é que, de fato, o Brasil já “conhece” (entre aspas) Jesus! Então, onde está a eficácia do Espírito Santo na santificação dessa nação?

Diante dessa verdade (de que o Brasil conhece Jesus), como o cristão brasileiro tem analisado a potência de sua fé, o poder da mensagem do Evangelho e a ação eficaz do Espírito Santo? Continuamos fazendo “marchas”, “atos proféticos” (por que não dizer “patéticos”?), dizendo que o Brasil “é de Jesus”. Imagino o constrangimento que seria se, numa dessas marchas, alguém simplesmente lembrasse de praticamente qualquer característica do povo brasileiro e seu “jeitinho”, perguntando se isso é “ser de Jesus”.

O Brasil todo sabe sobre Jesus. Ele está na TV, está na Internet, está mais especificamente (em massa) no Facebook, está nos postes, em folhetos no chão, em carros de propaganda sonora, em camisetas, em posters nas lojas do comércio, nas traseiras dos carros, etc.

Por que o Brasil ainda não é um “Brasil de Jesus”? Se cremos que uma pessoa só precisa ouvir uma única vez a mensagem do Evangelho e depois disso é o Espírito Santo que lhe convencerá do pecado e continuará a obra; se cremos que mais importa a Deus do que ao próprio homem, que estes se salvem e, por fim, O adorem; se cremos que a mensagem do Evangelho e o nome de Jesus, o ungido de Deus, têm poder; então o que há de errado?

Digo o que há de errado: Cristo não veio para satisfazer os desejos carnais de prosperidade. Ele não nasceu como homem e obedeceu toda a lei de Deus para dar revelações diárias sobre negócios/finanças. Ele não sofreu no caminho do Gólgota e no Calvário para trazer conforto e orgulho aos que O seguem. Ele não foi esmagado por toda a ira de um Deus – o único – enojado pelos pecados de uma raça depravada, para que seus seguidores tivessem se sentissem sobrenaturalmente melhores, superespirituais ou satisfeitos com esta vida!

Quando o cristão brasileiro entender (ou admitir) que Cristo veio ao mundo para (1) morrer na cruz, pagando pelos pecados de Sua Igreja e (2) obedecer a lei, nos dando direito à promessa de vida eterna – pelos Seus méritos; e quando essa mensagem for pregada no lugar da que foi por tanto tempo, aí sim, veremos um Brasil que conhece a Cristo e Sua obra, um país que foi evangelizado!

– Lucas Rosalem
Apenas o Evangelho 

PARTE 2 – Continue lendo sobre o assunto, no artigo “COMO O MUNDO PENSA EM JESUS”, neste link:


  • R$ 20,00
    Ou em até 1x de R$ 20,00
    Sem Juros - PagSeguro
  • R$ 26,00
    Ou em até 1x de R$ 26,00
    Sem Juros - PagSeguro
  • R$ 26,00
    Ou em até 1x de R$ 26,00
    Sem Juros - PagSeguro

Artigos relacionados