Publicado em

Ninguém tem fé “do nada”

SALVOS PELA FÉ SOMENTE

Evangelho não é sobre “viver os mandamentos”, muito pelo contrário. Isso é misturar graça com lei, o que não faz sentido. Evangelho é a boa notícia justamente pra quem não consegue obedecer os mandamentos (ou seja, pra todos – ninguém consegue viver os mandamentos, e ninguém será salvo por obedecer, mas somente por crer).

Não somos justificados pelas obras, mas somente pela fé. As obras não nos justificam de maneira alguma, nem “junto com a fé”. Pelo contrário, nossas obras são como trapos de imundície para Deus. Elas só podem ser boas quando são fruto do Espírito (e não fruto nosso). Ou seja, as obras de quem é regenerado são apenas consequência da ação do E.S., são consequência por já estarmos salvos (e não o motivo pelo qual somos salvos).

A diferença básica e mais fundamental entre a crença católica e a protestante é que a protestante crê no que a Bíblia diz, que é apenas pela fé, sem obras, para quem ninguém se glorie.
Se realmente fomos salvos, nós TENTAREMOS obedecer. Ou seja, a obediência é CONSEQUÊNCIA da salvação, e não o motivo de sermos salvos.

A propósito, a fé não é uma convicção autogerada, mas é recebida pelo Espírito Santo e que tem como autor e consumador Jesus Cristo (e não nós mesmos) 🙂

Ninguém tem fé “do nada”. A fé verdadeira é dom de Deus, e não uma mera crença que alguém resolve ter. O homem é escravo do pecado enquanto o E.S. não o convence, sendo Cristo mesmo o próprio autor e consumador da fé que recebemos.

Será que você já compreendeu até aqui? Vamos mais uma vez:

Sou uma pessoa boa, logo, mereço o céu?

Resposta: Nãooooooooo! (você acertou essa, não é?)

Se a salvação fosse por ser bonzinho, então Jesus teria morrido completamente à toa. Se fosse pelas obras, os budistas, espíritas e até ateus estariam tranquilos em muitos casos, já que tentam ser bonzinhos.

Quem pensa esse tipo de coisa (“sou bom, mereço o céu”) é quem nunca frequentou igrejas que realmente pregassem o Evangelho. E isso é muito comum hoje em dia. A maioria das igrejas que se dizem evangélicas prega apenas rituais, cerimônias, prosperidade, “libertação” e os mandamentos, mas não prega o Evangelho.

Nesses anos todos de igreja você já ouviu pregações explicando o que é Expiação, Propiciação ou Justificação?

Se a resposta foi “não”, então você provavelmente não conhece o Evangelho ainda. :/

E A SANTIFICAÇÃO?
A santificação é efeito da salvação, e não o contrário. Entender o Evangelho implica apenas em crer nele, o resto (obras) são consequência da obra do E.S.

– Lucas Rosalem