Menu fechado

KENNETH HAGIN • Série HEREGES

Esse falso mestre é o responsável inspirador de muitos dos outros da nossa lista de hereges. Ele é um dos criadores e maior propagador de várias falsas doutrinas do chamado Movimentos da “Fé”, dentre elas:

• Teologia de prosperidade, • o poder das palavras, • maldição hereditária, • quebra de maldição, • regressão, • divinização do ser humano, • influência dualista, • divisão entre a Palavra de Deus: escrita e revelada (dividindo as palavras gregas “logos” e “rema”) e etc.

Infelizmente tem se tornado cada vez maior o número de pessoas que dizem seguir a Cristo esquecendo-se de fazê-lo de acordo com a Sagrada Escritura. Observamos que toda sorte de misticismo, emocionalismo e deturpação doutrinária tem penetrado no seio da igreja.

••• Kenneth, assim como Benny Hinn, Rebeca Brown, R.R. Soares e alguns outros, alegam que Deus opera por leis espirituais, e que é obrigado a obedecer aos comandos espirituais dos crentes cheios do Espírito. Ele não só revela a doutrina na prosperidade sobrenaturalmente aos mestres da fé, mas também confirma verbalmente e pessoalmente suas interpretações das Escrituras.

Deixemos, então, que o próprio Kenneth Hagin fale, mas a Bíblia também:

-Hagin
“E você sabe o que vai acontecer agora? Vou contar-lhe um segredo. Alguém vai me dar US$ 50.000,00. Porque você pode ter aquilo que diz”
Fonte: Fé que move montanhas, p. 21

-A Bíblia
“Vós tudo perverteis, como se o oleiro fosse igual ao barro, e a obra dissesse do seu artífice: Não me fez; e o vaso formado dissesse do seu oleiro: Nada sabe” (Is 29:16)

-Hagin
“Nosso problema é que oramos e confessamos muito, mas não mandamos. É gostoso mandar! … Jesus pagou o preço para fazermos isso…”
Fonte: Commanding Power, p. 12-13

-A Bíblia
“Porque, quem compreendeu a mente do Senhor? ou quem foi seu conselheiro? Ou quem lhe deu primeiro a ele, para que lhe seja recompensado? (Rm 11:34-35)
“Mas, ó homem, quem és tu, que a Deus replicas? Porventura a coisa formada dirá ao que a formou: Por que me fizeste assim?” (Rm 9:20)

-Hagin
“O próprio Senhor me ensinou sobre a prosperidade. ..recebi isso diretamente do céu”
Fonte: How God Taught Me About Prosperity, p. 1

-A Bíblia
“Por isso vos digo: Não andeis cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o mantimento, e o corpo mais do que o vestuário?” (Mt 6:25)

-Hagin
“O Senhor falou comigo e disse: ‘Não ore mais pedindo dinheiro. Você tem autoridade através do meu nome para reivindicar a prosperidade”
Fonte: New Threshold of Faith, p. 55

-A Bíblia
“E disse-me: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo” (2Co 12:9)

-Hagin
“O maior fato da palavra de Deus: poder de comando … que todo … Filho de Deus é capaz de operar … Comandar é diferente de confessar … Nosso problema é que temos orado e confessado muito, mas não temos dado muitas ordens”
Fonte: How God Taught Me About Prosperity, p.16-19

-A Bíblia
“Mas, ó homem, quem és tu, que a Deus replicas? Porventura a coisa formada dirá ao que a formou: Por que me fizeste assim?” (Rm 9:20)
“O que encobre as suas transgressões nunca prosperará, mas o que as confessa e deixa, alcançará misericórdia” (Pv 28:13)

“Deus” disse a Kenneth Hagin:
“Em primeiro lugar … não ore mais sobre dinheiro … Peça o que precisar.” … O Senhor continuou: “Você diz: ‘Satanás, tire suas mãos do meu dinheiro’ … Diga: ‘Ordeno…’, nomeando o que quer ou deseja.” Eu disse ao Senhor: “Senhor, não creio que queira que as nossas necessidades sejam satisfeitas – mas, sim, os nossos desejos?” Ele replicou… “no Salmo 23 está escrito… está escrito: ‘O Senhor é o meu pastor, nada me FALTARÁ’.” … [Portanto, Deus continua] “Peça o que precisa ou deseja. Diga: ‘Satanás, tire as mãos das minhas finanças’. Depois diga: ‘Ide espíritos ministradores, e façam o dinheiro chegar’.”
Fonte: How God Taught Me About Prosperity, p.16-19

-A Bíblia
“Enquanto os anjos, sendo maiores em força e poder, não pronunciam contra eles juízo blasfemo diante do Senhor. Mas estes, como animais irracionais, que seguem a natureza, feitos para serem presos e mortos, blasfemando do que não entendem, perecerão na sua corrupção” (2Pe 2:11)
“Mas tu, quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará publicamente” (Mt 6:6)
“Portanto, vós orareis assim: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome” (Mt 6:9)
“E ele lhes disse: Quando orardes, dizei: Pai nosso, que estás nos céus, santificado seja o teu nome; venha o teu reino; seja feita a tua vontade, assim na terra, como no céu” (Lc 11:2)

-Hagin
“O diabo é quem impede o dinheiro de chegar a você … O Senhor me disse há anos quando eu me queixava de falta de verba: ‘Olhe, não posso fazer tudo a esse respeito. Depende de você. Ordene que ele venha em nome de Jesus … Você pode até falar com os anjos”, Ele me disse “e eles vão trabalhar para você…”
Fonte: Paul’s Revelation: The Gospel of Reconciliation, p. 25-26

-A Bíblia
“Pedis, e não recebeis, porque pedis mal, para o gastardes em vossos deleites” (Tg 4:3)
“Eis que Deus é grande, e nós não o compreendemos, e o número dos seus anos não se pode esquadrinhar” (Jo 36:26)
“Disse-lhe mais Deus: Eu sou o Deus Todo-Poderoso. ..” (Gn 35:11)
“Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim, diz o Senhor, que é, e que era, e que há de vir, o Todo-Poderoso” (Ap 1:8)
“E ele lhes disse: Quando orardes, dizei: Pai nosso, que estás nos céus…” (Lc 11:2)

-Hagin
“Em lugar algum a Bíblia ensina que se você apenas crer no coração obterá uma resposta”
Fontes: The Real Faith, p. 24
How to Turn Your Faith Loose, p. 20

-A Bíblia
“E Jesus disse-lhe: Se tu podes crer, tudo é possível ao que crê” (Mc 9:23)
“Porque a Escritura diz: Todo aquele que nele crer não será confundido” (Rm 10:11)
“A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo” (Rm 10:9)
“E, tudo o que pedirdes na oração, crendo, o recebereis” (Mt 21:22)

-Hagin
“A morte espiritual significa ter a natureza de Satanás”
Fonte: O Nome de Jesus, p. 26
“Jesus provou a morte – a morte espiritual – por todos os homens”
Fonte: O Nome de Jesus, p. 27

-A Bíblia
“Já não falarei muito convosco, porque se aproxima o príncipe deste mundo, e nada tem em mim” (Jo 14:30)
“Porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo” (1Pe 1:16)
“Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim” (Jo 14:6)
“Porque foi do agrado do Pai que toda a plenitude nele habitasse” (Cl 1:19)
“Porque nele habita corporalmente toda a plenitude da divindade” (Cl 2:9)

-Hagin
“Jesus se tornou aquilo que nós éramos, a fim de que nós nos tornássemos aquilo que Ele é.”
Fonte: O Nome de Jesus, p. 27

-A Bíblia
“Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus” (Rm 3:23)
“E viu o Senhor que a maldade do homem se multiplicara sobre a terra e que toda a imaginação dos pensamentos de seu coração era só má continuamente” (Gn 6:5)
“Porque para isto sois chamados; pois também Cristo padeceu por nós, deixando-nos o exemplo, para que sigais as suas pisadas” (1 Pe 2:21)
“Porque foi do agrado do Pai que toda a plenitude nele habitasse” (Cl 1:19)
“Porque nele habita corporalmente toda a plenitude da divindade” (Cl 2:9)

-Hagin
“A morte física não removeria os nossos pecados. Provou a morte por todo homem – a morte espiritual … Jesus é a primeira pessoa que já nasceu de novo. Por que o Seu espírito precisava nascer de novo? Porque ficou alienado de Deus”
Fonte: O Nome de Jesus, p. 25

-A Bíblia
“Porque primeiramente vos entreguei o que também recebi: que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras” (1Co 15:3)
“Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores” (Rm 5:8)
“Jesus respondeu, e disse-lhes: Derribai este templo, e em três dias o levantarei.. .Mas ele falava do templo do seu corpo” (Jo 2:19,21)

-Hagin
“nem Jesus Cristo tem uma posição mais elevada do que nós diante de Deus”
Fonte: Zoe: a própria vida de Deus, p. 79

-A Bíblia
“O qual, sendo o resplendor da sua glória, e a expressa imagem da sua pessoa, e sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder, havendo feito por si mesmo a purificação dos nossos pecados, assentou-se à destra da majestade nas alturas” (Hb 1:3)
“Ora, a suma do que temos dito é que temos um sumo sacerdote tal, que está assentado nos céus à destra do trono da majestade” (Hb 8:1)
“Mas, ó homem, quem és tu, que a Deus replicas? Porventura a coisa formada dirá ao que a formou: Por que me fizeste assim?” (Rm 9:20)
“Porque somos feitura sua, criados em Cristo Jesus para as boas obras, as quais Deus preparou para que andássemos nelas” (Ef 2:10)

ENFIM…
Das 127 vezes que a palavra ‘poder’ aparece no Novo Testamento está ligada em 100 vezes a Jesus Cristo, Espírito Santo ou Deus, significando, assim, algo que é outorgado diretamente por Deus. Das outras 27 vezes restantes em que ‘poder’ aparece, está relacionado apenas com força normal, ou autoridade, referindo-se a homens ou demônios.
Contudo, 11 vezes o Novo Testamento afirma que nós, crentes, temos poder. Só que, diferentemente do que muitos ensinam, não é aquele poder de colocar Satanás debaixo dos pés ou o poder de fulminar com uma palavra – que mais parece um crente nuclear – que com um simples estalo de dedos você já era, pois “eu sou o filho de DEUS”.
Quem usa esse tipo de frase, nesse contexto que estamos trabalhando, parece até que está querendo dizer: “eu sou deus”.

O Novo Testamento afirma que temos poder para:

Ser filho de Deus (Jo 1:12);
Dar testemunho de vida (At 4:33);
Poder para apresentar o Poder, que é o Evangelho (Rm 1:16);
Apresentar a Palavra da Cruz (1 Co 1:18);
Ser aperfeiçoado na fraqueza (2 Co 12:9);
Viver para os outros (2 Co 13:4);
Ser constituído ministro do Evangelho (Ef 3:7);
Fortalecer o amor, para ser tomado da plenitude de Deus (Ef 3:16-19);
Servir e glorificar a Deus (1 Pe 4:11);
Possuir tudo o que conduz à vida e à piedade (2 Pe 1:3);
Julgar as nações (só após o Milênio) (Ap 20:4 cf. Ap 3:21).

Recebemos, ainda, poder para:

Julgar os anjos (só após o Milênio) (1 Co 6:3);
Suportar aflições, fome, humilhações e escassez (Fp 4:11-13);
Pregar o Evangelho (1 Pe 1:12);
Resistir ao Diabo, desde que sujeitando-se a Deus (Tg 4:7).

Sabe o que é resistir? Não é atacar!!! Apenas suportar, agüentar, manter-se firme!!!

Outro problema ensinado quanto ao poder espiritual a nós investido por Deus, é que muitos se acham tão poderosos que desejam se comportar como um Rambo, como se saíssem por aí com uma metralhadora espiritual assustando o Diabo, fazendo-o correr, pisando-o, humilhando-o. Desconhecem assim a Palavra de Deus, achando que possuem certos atributos, quando, na verdade não possuem.
Se observarmos o que ensina a Bíblia, quanto aos anjos, veremos que são mais poderosos que os seres humanos, mesmo os crentes:

“ao passo que anjos, embora maiores em força e poder, não proferem contra elas juízo infamante na presença do Senhor.”
2 Pe 2:11
Note o que diz a Bíblia a respeito de anjos: “maiores em força e poder”.
E lembre-se que tanto Satanás quanto os demônios são anjos, decaídos, é claro, mas nem por isso deixam de ser uma espécie de anjos.

“Contudo, o arcanjo Miguel, quando contendia com o diabo, e disputava a respeito do corpo de Moisés, não se atreveu a proferir juízo infamatório contra ele; pelo contrário, disse: O Senhor te repreenda.”
Jd 9

Note que mesmo um anjo de hierarquia superior, arcanjo, como Miguel, não usou de autoridade própria, apesar de ser superior como está escrito em 2 Pe 2:11, mas disse: “O Senhor te repreenda”.
Mas, ao contrário do que ensina a Bíblia, muitos querem sair por aí afrontando o diabo e colocando-o debaixo dos pés. Se isso pudesse realmente acontecer, eu creio que quem terminaria debaixo dos pés não seria o diabo.
É claro que não devemos temer o diabo, pois somos Templo do Espírito Santo e o anjo do Senhor acampa ao nosso redor (Sl 34:7; Sl 91:11), mas é o Senhor que nos protege, e não nós mesmos.
Os defensores de tais ensinos posteriormente terminam em dois caminhos: ou ficam frustrados, ou enveredam por heresias maiores e mais comprometedoras, como é o caso de “ícones” nacionais e internacionais, igrejas e cursos bem conhecidos e muito freqüentados, mas que possuem uma fétida negridão doutrinária.
Que Deus nos abençoe, guie e proteja.

“Quando porém vier o Filho do homem, porventura achará fé na terra?”
(Lc 18:8)

======================================

Conclusão:

Lideres da prosperidade geralmente são famosos estão na mídia, são populares e agradam a todos. Porém não estão andando conforme a simplicidade do evangelho, devemos rejeitá-los por suas más obras, que são teologias manipuladas por espíritos malignos (I Tm 4.1). Os que querem ser ricos contrariam a Bíblia (1 Tm 6.9), os que ensinam prosperidade contrariam a Bíblia (I Cor 15.19), e os que pregam tesouros na Terra (MT 6.19,20) estão contrariando os ensinos de Cristo e devem ser evitados, pois mesmo sendo populares e aparentemente bem sucedidos, são apóstolos de satanás com toda sorte de engano e astucia (2 Pd 2.1-3; 2 Tm 2-4; 2 Cor. 11.3-5).


  • R$ 20,00
    Ou em até 1x de R$ 20,00
    Sem Juros - PagSeguro
  • R$ 26,00
    Ou em até 1x de R$ 26,00
    Sem Juros - PagSeguro
  • R$ 26,00
    Ou em até 1x de R$ 26,00
    Sem Juros - PagSeguro

Artigos relacionados