Menu fechado

A HISTÓRIA DO TERMO “EVANGELHO”

O que me chama a atenção é que a palavra “eu-angélion” , como conceito técnico (bem como os termos cbristianoi, At 11,26, e ekklesia no seu sentido cristão original de “comunidade de Cristo, composta de judeus e gentios” ,11 originou-se nos primeiros círculos de missionários da Palestina, compostos de judeus de língua grega que se tornaram cristãos, vindos muito provavelmente dos círculos denominados “ helenistas” , judeus-cristãos de Jerusalém que depois do martírio de Estêvão fugiram para o Egito (Alexandria) e talvez sobretudo para a Síria ocidental (Antioquia e Damasco).

Muito significativo, em todo caso, é que o evangelista Felipe, um dos sete helenistas (At 21,8; cf. 6,5), foi quem iniciou a missão entre os samaritanos (At 8,5.26-40) e trabalhou em outros lugares na costa do Mar Mediterrâneo como missionário entre os judeus da diáspora de língua grega, tendo Cesaréia como centro. A noção de “ evangelho” cresceu não nos círculos da “missão para os gentios” , e sim mais cedo nos círculos da missão limitada à Palestina, e aí dentro sobretudo aos judeus da diáspora. Foi nesses círculos também que nasceu, através de Paulo, a missão mais ampla, para os gentios, pelo que o evangelho se tornou uma Boa Nova realmente dirigida a todos os seres humanos.

– Edward Schillebeeckx
Apenas o Evangelho


  • R$ 20,00
    Ou em até 1x de R$ 20,00
    Sem Juros - PagSeguro
  • R$ 26,00
    Ou em até 1x de R$ 26,00
    Sem Juros - PagSeguro
  • R$ 26,00
    Ou em até 1x de R$ 26,00
    Sem Juros - PagSeguro

Artigos relacionados